Fisioterapia e Pilates: benefícios da bola de pilates na fisioterapia - Pilates | RPG | Fisioterapia | Acupuntura | Espaço Físio Pilates +55 11 3681-6256
  • Fisioterapia e Pilates: benefícios da bola de pilates na fisioterapia

    Fisioterapia e Pilates: benefícios da bola de pilates na fisioterapia

    O pilates e a bola de pilates propriamente dita são muito versáteis: aumentam a flexibilidade, auxiliam no fortalecimento muscular, contribuem para o desenvolvimento motor e ajudam no tratamento de sequelas e lesões (inclusive neurológicas), além de suavizar o estresse do dia a dia.

    A bola de pilates, especificamente, ganhou lugar cativo em academias e também nas clínicas de fisioterapia, e hoje é um dos símbolos da saúde e do bem-estar.

    Como funciona a bola de Pilates?

    Quando o corpo está apoiado sobre a bola de pilates, acaba exigindo bem mais dos músculos do que se estivesse sobre uma superfície plana e dura, como o chão. Isso acontece, pois, a bola é uma superfície instável, e isso “recruta” de nós mais força para manter o equilíbrio.

    A instabilidade apresentada pela bola é crucial para que seja exercitado o “core”, conjunto de músculos responsáveis pela postura e pelo equilíbrio.

    As atividades realizadas com a bola de pilates promovem o fortalecimento de músculos, como o transverso abdominal, que se trata de um músculo responsável por ser o centro de força. Apenas por meio dele é que o corpo consegue executar diversas funções, como tossir e evacuar. Além dessas regiões, são mobilizados também outros músculos, como o diafragma, o assoalho pélvico, os paravertebrais e os laterais oblíquos (internos e externos).

    Entre os benefícios providos aos grupos musculares estão:

    • Diminuição de dores nas costas;
    • Melhoria da postura;
    • Melhoria da coordenação motora;
    • Estimulação do sistema circulatório;
    • Melhoria da respiração;
    • Melhor oxigenação do sangue;
    • Aumento da concentração;
    • Fortalecimento dos órgãos internos, etc.

    Outro benefício: é uma das ferramentas que mais podem ajudar a prevenir e remediar a temida hérnia de disco, mal que atinge grande parte da população brasileira.

    A importância do pilates (aparelho e solo) dentro da fisioterapia

    O pilates é uma modalidade de exercício físico que ganhou muito espaço e, atualmente, é indicado pelos médicos a diversos pacientes para tratar dores pelo corpo. As aulas não possuem nenhuma contraindicação e podem ser realizadas por qualquer pessoa a partir dos 12 anos de idade.

    Após algumas aulas de pilates, já é possível começar a observar os primeiros resultados no corpo e também na mente, já que as sessões também oferecem muito bem-estar e tranquilidade para a mente. Além disso, os benefícios para a saúde são imensos, como, por exemplo:

    • Melhora a postura a cada exercício realizado, fazendo com que cada vez mais o paciente mantenha uma postura adequada;
    • Evita o estresse, pois trabalha por meio de movimentos relaxantes;
    • Aumenta a força e também alonga o corpo;
    • Aumenta a resistência física e mental;
    • Aumenta a flexibilidade, tônus e força muscular;
    • Alivia todas as tensões, estresse e dores crônicas;
    • Proporciona uma maior mobilidade das articulações;
    • Melhora a coordenação motora;
    • Estimula o sistema circulatório e oxigenação do sangue;
    • Facilita a drenagem linfática e elimina as toxinas;
    • Fortalece os órgãos internos;
    • Aumenta a concentração;
    • Promove relaxamento;
    • Trabalha a respiração.

    Lembrando que os tratamentos com pilates (aparelho e solo) dentro da fisioterapia devem ser cuidadosamente realizados por profissionais capacitados e que tenham experiência na área e no contato com cada paciente.

    Fonte: Fisioterapia.com