Fisioterapia para uma vida sem dor - Pilates | RPG | Fisioterapia | Acupuntura | Espaço Físio Pilates +55 11 3681-6256
  • Fisioterapia para uma vida sem dor

    Fisioterapia para uma vida sem dor

    De acordo com a SBED (Sociedade Brasileira para Estudo da Dor), aproximadamente 40% dos brasileiros sofrem de algum tipo de dor crônica (estágio avançado e muito incômodo do quadro). O que muitas vezes pode parecer um problema simples, e considerado como bobagem, pode se tornar algo grave a longo prazo se o paciente não recorrer ao tratamento e ao profissional correto.

    Ainda de acordo com a matéria publicada pela SBED, as queixas mais comuns são referentes às dores de cabeça, na coluna e nas juntas. Sentir dor por um longo período – mais de três meses – já gera um diagnóstico de alerta para a busca de um profissional, e a fisioterapia tem se mostrado como a opção mais confiável e eficaz para a correção e melhoria dos problemas musculoesqueléticos, por meio da fisioterapia traumatológica.

    O fisioterapeuta é o profissional capacitado para atuar no tratamento de lesões por meio de reabilitação, e também auxilia na prevenção de disfunções de músculos e articulações, contribuindo para a manutenção da capacidade física do paciente, e assumindo, assim, um papel importante para a sociedade como um todo.

    Cada profissional, além de ser formado com graduação em fisioterapia, pode optar por tipos de lesões ou condições de pacientes, ou seja, precisa escolher uma especialização em algum campo específico para realizar o atendimento, o que o difere ainda mais, tornando-o único e totalmente capacitado para tratar as mais diversas disfunções do corpo.

    Importância e benefícios da fisioterapia

    A fisioterapia está entre as ciências aplicadas à prevenção, ao diagnóstico e ao tratamento de disfunções cinéticas-funcionais. O ramo também estuda os efeitos positivos de recursos físicos associados ao movimento corporal. É estimulada e difundida em clínicas, consultorias, centros de reabilitação, academias, escolas, asilos, empresas e unidades básicas de saúde.

    Um dos principais benefícios de se recorrer a essa opção de tratamento é que o paciente pode optar pela possibilidade de ser acompanhado e observado em casa, sem ter que ir até o consultório ou faltar ao trabalho. Além disso, esse tipo de terapia é também uma medida preventiva, que colabora para o desenvolvimento de estímulos físicos e ajuda a melhorar a qualidade de vida.

    Fonte: Fisioterapia.com