fbpx
  • Pilates na melhora da dor cervical

    Pilates na melhora da dor cervical

    Com o estilo de vida atual, as lesões crônicas músculo-esqueléticas tendem a aumentar, tais como a dor na cervical. Cada vez mais precocemente as pessoas usam de modo desenfreado a tecnologia e o corpo padece.

    A dor na cervical é mais comum entre as mulheres adultas e economicamente ativas, e estimasse que entre 30 a 50% da população apresenta algum episódio de dor cervical, perdendo apenas para a queixa de dor lombar.

    Das crianças aos adultos, são horas utilizando os smartphones, tablets, computadores, e a interação com o mundo tecnológico é tanta, que esquecemos de viver e usufruir o mundo real.

    Dor-na-Cervical

    Já parou para calcular quanto tempo por dia a sua cabeça fica projetada à frente, sobrecarregando a região cervical?

    Nosso crânio pesa em torno de 4 a 5 kg, contudo à medida que a flexão aumenta, o peso sobre a cervical também aumenta, podendo chegar em até 6x o peso da cabeça. Com isso aumenta a incidência de dor na cervical, nos ombros e braços.

    Recentemente li um texto da Thalyta Oliveira em que a autora dizia que estamos no caminho contrário à evolução humana. Nosso corpo foi rebaixado à “guardador de dor” e meio de transporte da cabeça.

    Infelizmente a maioria das pessoas só procura pelo tratamento depois de instalada a lesão e se esquece de prevenir as possíveis disfunções do corpo. As desculpas são inúmeras, mas quem realmente quer, se prioriza, consegue tempo e investe em si próprio, evitando assim uma possível dor na cervical.

    Esquecemos que nosso corpo estará conosco durante toda a vida e deveríamos respeitá-lo mais, gosto bastante da frase: Seu corpo, seu templo.

    O artigo da pesquisadora australiana Deborah Falla (2004) concluiu através da eletromiografia que pacientes com cervicalgia apresentam déficit neuromuscular dos flexores profundos.

    Estes músculos apresentam atraso na pré ativação (feedforward) durante os movimentos de MMSS, aumentando o risco de lesões na coluna cervical.

    Assim o método Pilates é um ótimo recurso no tratamento das cervicalgias. Os exercícios são adaptáveis para cada paciente, com a manutenção da lordose cervical e crescimento axial.

    Nele há ativação dos músculos profundos da coluna (músculos mais próximos das vértebras), e os benefícios do Pilates são a melhora da dor na cervical, fortalecimento dos músculos fracos (principalmente da região de ombros) e relaxamento muscular.

    Fonte: https://blogpilates.com.br/exercicios-pilates-dor-na-cervical/