Pilates na prevenção de quedas na terceira idade - Pilates | RPG | Fisioterapia | Acupuntura | Espaço Físio Pilates +55 11 3681-6256
  • Pilates na prevenção de quedas na terceira idade

    Pilates na prevenção de quedas na terceira idade

    O número de pessoas na terceira idade está cada vez maior, para se ter uma ideia, hoje no Brasil quase 10% da população é formada por pessoas com 60 anos ou mais, totalizando 20 milhões de brasileiros idosos. Diante disso, a medicina vem avançando no que se diz respeito à prevenção de doenças e novos tratamentos para se conquistar uma vida mais saudável.

    Sabemos que com o passar dos anos, vamos sofrendo mudanças em nosso corpo e na terceira idade, especificamente, são visíveis as mudanças na parte motora (equilíbrio e reflexo diminuem); na musculatura (que vai ficando mais flácida); além das dores musculares e articulares que começam a aparecer com mais frequência. Tudo isso faz parte de um processo natural do envelhecimento do nosso corpo, porém, podemos minimizar esses efeitos através da prática da atividade física. Muitos devem estar se perguntando: “na terceira idade vou ter que frequentar uma academia?”. Minha resposta é: procure por atividades que não gerem mal estar e constrangimento.

    O Pilates é uma atividade muito indicada para as pessoas que estão na melhor idade, principalmente pela quantidade de benefícios que ele oferece. Como as aulas podem ser individuais ou em grupos pequenos, a execução dos movimentos fica mais fácil, facilitando a interação entre aluno e professor. Durante as aulas são realizados exercícios que exigem concentração e equilíbrio; fortalecimento muscular global e flexibilidade, o que automaticamente melhorar a agilidade e, consequentemente, diminui as dores.

    Por exemplo, uma pessoa de 70 anos, com queixa de dores na coluna lombar e nos joelhos (queixa muito comum nessa idade), sentirá uma grande diferença ao praticar pilates, melhorando a sua mobilidade. Tudo isso, porque durante a prática iremos ativar a musculatura mais profunda da coluna e fortalecer os músculos que estabilizam a articulação dos joelhos através de exercícios que irão melhorar seu equilíbrio, diminuir suas dores e contribuir para que ela volte a se locomover melhor.

    Pela falta de equilíbrio e de flexibilidade, a queda torna-se a principal causadora de acidente nos idosos, e isso pode gerar complicações sérias na vida deles, pois com o passar dos anos os ossos vão ficando mais fracos. Muitos idosos apresentam osteoporose e, com isso, o risco de fratura é muito grande e muitas vezes uma cirurgia é necessária.

    Por este motivo, adotar algumas medidas pode reduzir o número de acidentes domésticos, por exemplo: tirar tapetes, colocar faixas antiderrapantes em degraus, corrimão em escadas, barras no banheiro, além de manter o ambiente com o mínimo de objetos, fará toda a diferença no dia a dia do idoso e dos seus familiares. Mas é claro que com a prática do pilates, a musculatura ficará mais forte, o idoso com mais equilíbrio, mais agilidade, e melhor condicionamento físico, diminuindo significativamente o risco de quedas.

    Devemos lembrar que para praticar qualquer atividade física, a pessoa deve estar com seus exames cardiológicos em dia, pressão arterial controlada e sem nenhuma infecção ativa. Também deve ser realizada uma avaliação pelo profissional que irá ministrar as aulas de pilates, para que ele possa programar uma aula de acordo com os objetivos e necessidades daquele idoso, respeitando suas limitações e caminhando em busca de um avanço gradativo.

    Fonte: https://www.minhavida.com.br/fitness/materias/34011-pilates-na-terceira-idade-atividade-pode-prevenir-quedas